WhatsApp 67 99257-1994
Pré-cadastro
WhatsApp 67 99178-7322
Orçamento
67 3025-8100
Outras Informações

Artigos

Saúde, bem estar, alimentação saudável e medicina.
Estimulação Cognitiva

#Tá pago: já treinou o cérebro hoje? Conheça a técnica de estimulação cognitiva

Quando pensamos em manter uma boa saúde logo lembramos dos exercícios físicos, importantes aliados no combate e prevenção à diversos tipos de enfermidades como doenças crônicas e câncer. Mas você já pensou em exercitar também o cérebro? Pesquisadores chamam essa técnica de estimulação cognitiva. O trabalho busca melhorar memória, atenção, raciocínio, capacidade de resolução de problemas, entre outras habilidades. Uma abordagem que pode beneficiar todos, mas tem um apelo ainda maior entre os mais velhos.

A psicóloga Mariuza Pregnolato, especialista em análise Comportamental e Cognitiva explica que a ideia é treinar o cérebro diariamente, desafiando-o através do aprendizado de novas habilidades, a fim de mantê-lo em desenvolvimento. De acordo com a especialista, é possível fazer coisas habituais de um modo diferente ou desenvolver habilidades específicas:

“Qualquer atividade que exija atenção, foco no momento presente e possua algum grau de dificuldade tira o cérebro da zona de conforto e abre o caminho para o aprendizado. Já para fixar esse aprendizado, geralmente é necessário que haja repetição e aumento gradativo do grau de dificuldade. A ideia é sair do automático, não permitir que se viva de comportamentos repetitivos e conhecidos. Por exemplo, se eu quiser me vestir de olhos fechados, terei que estar mais atenta ao tato do que normalmente estou. A lista de atividades diárias que qualquer pessoa pode executar sozinha é quase infinita, limita-se apenas à imaginação de cada um” orienta a psicóloga Mariuza. No entanto, para que os resultados sejam otimizados e habilidades específicas sejam desenvolvidas é aconselhável que um profissional habilitado diagnostique o quadro de necessidades e elabore um programa condizente com as necessidades de cada pessoa.

Pratique a qualquer hora

De volta às dicas para estimular o cérebro por conta própria, os jogos têm destaque entre as possibilidades para atingir esse objetivo. Além dos tradicionais Caça-Palavras e Sudoku, é possível baixar aplicativos no celular ou recorrer aos vídeo-games que possuem conteúdos voltados para estimulação cognitiva. Como recomendação, temos o Brain Age (disponível para o portátil Nintendo DS), o Lumosity Mobile e o Peak, (aplicativos para telefones celulares).

Só que não basta apenas praticar exercícios para o cérebro. Hábitos saudáveis refletem – e muito – no raciocínio. A qualidade do sono afeta a memória e o processo de recuperação de dados armazenados. Também há estudos que apontam a relação da memória com atividade física, alimentação saudável, baixos níveis de stress e ansiedade e, até mesmo, convívio social.  A vantagem de manter um cérebro em plena atividade até a idade avançada é a autonomia, autoconfiança e capacidade de continuar aprendendo e evoluindo. Afinal, nunca é tarde para novas experiências e conhecimento.

Deixe um Comentário