WhatsApp 67 99257-1994
Pré-cadastro
WhatsApp 67 99178-7322
Orçamento
67 3025-8100
Outras Informações

Artigos

Saúde, bem estar, alimentação saudável e medicina.

Fique atento: obesidade pode causar graves problemas à saúde

Quase metade da população brasileira esta acima do peso. Segundo levantamento da Vigitel (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico)48,5% dos brasileiros são obesos. E este número aumenta 0,5% ao ano.
 
O preocupante é que apenas 20% da população consome cinco porções diárias de frutas e hortaliças, quantidade mínima recomendada, o que deflagra a má qualidade da alimentação do brasileiro.
 
Uma alimentação rica em produtos industrializados se tornou comum para as famílias brasileiras, especialmente na infância, onde a gama de produtos é imensa, com salgadinhos, doces e bolachas.
 
Aliado à alimentação está o sedentarismo. O aumento da carga horária de trabalho, as horas presas no trânsito e o excesso de atividade diária faz com que as pessoas se tornem cada vez mais sedentárias.  
 
A falta de exercícios físicos impacta diretamente no acúmulo de gordura no organismo, prejudicando, assim, cada vez mais a saúde e desencadeando doenças como diabetes, hipertensão, apneia, entre outras.
 
Confira abaixo algumas doenças causadas pela obesidade e cuide-se para preveni-las!
 
 
·         Apneia
A apneia do sono é uma doença no qual a pessoa para de respirar, interrompendo o sono. Ela também pode ocasionar problemas cardíacos.
 
·         Hipertensão
Quando o coração precisa trabalhar com um esforço extra para bombear o sangue, aumenta a pressão sobre as artérias. A hipertensão é muito preocupante, pois prolongar está condição fará com que o coração e as artérias se desgastem.
 
·          Diabetes
Quando há muita gordura no corpo, a insulina terá dificuldade em transportar a glicose para as células, necessitando de uma quantidade maior de insulina para manter um nível normal de açúcar no sangue. Se houver muita resistência para a insulina, o problema pode evoluir para diabetes.

Deixe um Comentário